oisgefjg
Frame: Lupin III: Kariosuturo no Shiro

여러분 안녕하세용~! {Olá pessoal turo bom?} Os lang-logs para mim são um problema muito grande. Como é simples de fazer – apenas sentar e ir escrevendo o que lhe vier na cabeça sobre o idioma – eu passo o dia empurrando esse post com a barriga, até perceber que está tarde e que eu preciso correr para não atrasar (mais uma vez). Devo ser sincero e dizer que ultimamente eu tenho escutado muito, tipo, MUITO musical. Wicked, Dear Evan Hansen, Frozen e etc.  Estou pensando em trazer um post sobre musicais aqui, mas eu pretendo conhecer um pouco mais sobre para não acabar escrevendo senso comum e tals. ENFIM, FOCO.

Français

Essa semana me lembrei de um blog que acompanhei a bastante tempo atrás, quando eu ainda brincava muito com UTAU. Eu procurei por ele e me lembrei que o blogueiro era/é estudante de francês, e tinha feito uns posts sobre isso. Eu fiquei muito animado e prentendo ler tudo mais tarde! Infelizmente o blog tá meio desatualizado. A nível de curiosidade, eu estou falando do blog Léo ao Léu.

Essa semana eu ainda não voltei aos estudos convencionais dos cadernos, e sinceramente, não sei quando vou parar de enrolar com isso. Eu sinto que necessito muito de uma base teórica, mesmo que eu esteja meio que aprendendo meio que “com a vida” (no caso = Duolingo), ou seja, na “prática” (porque a única prática que existe é escutar o sintetizador do Duolingo pronunciando as palavras e eu repetindo). O Duo (apelidinho sim) jogou na minha cara umas lições de demonstrativos e de tempo.

Eu já comentei como é confuso essa questão dos demonstrativos nesse lang-log, as famosas “apostrofadas”. Eu tenho a leve impressão de que o francês tem MUITOS, mas tipo, MUITOS demonstrativos. E eu não tô conseguindo dar conta.  Ce, cela, ceci, cette, ces e todos eles se comportam diferente de acordo com a estrutura da frase. Ce pode ser c’est, ces pode ser ceux e MANO… Isso é algo que eu vou aprender na prática e eu sei disso. É tipo o “this” ou “that” do inglês, com o tempo eu aprendi a usar cada um de acordo com as situações. Mas às vezes aparece uns demonstrativos nas frases que eu apenas …

TEMPO. Mano, tempo é uma coisa muito complicada. Eu, por exemplo, não aprendi todos os dias da semana no coreano. Nem no inglês. Certo, no inglês existe uma certa bagagem de convivência, então eu meio que tenho uma ideia dos dias, mas ainda confundo muitas vezes. E no coreano… Houve uma época que cada dia da semana tava bem fresco na minha mente, mas hoje em dia a maioria deles se esvaiu. No francês eu espero que isso não role, e espero que o Duolingo jogue os dias da semana na minha cara de tempos em tempos para eu não esquecer. E, cara, tem umas palavras muito monstras nesse tópico. Aujourd’hui, SE LEMBREM BEM: aujourd’hui! Significa “hoje”. Aujourd’hui. Hoje. E muito provavelmente eu esteja esquecendo alguma letra. Quando eu digo “palavra monstra” não digo só em tamanho. Se você estuda francês e sabe pronunciar o que lê, compartilhe comigo a dor que é falar avril. Sério, eu não consigo com facilidade. Vendredi no começo também era um inferno. Tinham outras que também eram complicadas, mas eu não me lembro muito bem delas hehehe

Uma coisa muito interessante é a forma como eles falam “Hoje é…”. Eu imaginaria o quê? “Aujourd’hui est…”. Mas é claro que não. Se fosse assim, francês se chamaria linguagem não verbal. Porém não é complicado, na real. “Nous sommes…”. Eu achei muito curioso. Nós comos nativos do português brasileiro associamos imediatamente a “nós somos”, mas aprendi o verbo être como “to be”. Tanto “ser” como “estar”. Então, basicamente, “Nous sommes..” = “nós estamos em…”. Claro que existe uma forma de colocar aujourd’hui, essa linda palavra, no meio. Seria “Aujourd’hui, on est…”. A tradução é a mesma que a que eu apresentei logo agora, mas eu não entendi como funciona esse on. Eu sei que é “nós”, assim como “nous“. Mas por que être com “nous” é “sommes” e com “on” é “est“? Eu vou pesquisar isso depois, com total certeza.

한국어

Ouso dizer que meu aprendizado de coreano essa semana foi fraco. Acontece que, procurando os tópicos do nível 4 no TTMIK para estudar, eu me bati com muita gramática e estrutura que eu já conhecia. Então eu pulei, óbvio. Acabei aprendendo dois 한자 e apenas uma gramática nova.

Eu vi sobre os 한자s 動 (동) e 不 (불/부). O 한자 de 동 representa mover. Se você estuda 한자 sabe que eles se juntam com outros para formar uma palavra. Várias das palavras que o 동 forma não fizeram muito sentido na minha cabeça. 활동 (活動 – atividade), 운동 (運動 – exercício) e 행동 (行動 – comportamento) são fostíssimos exemplos. Nosso tópico principal aqui é o 動 que significa “movimento”. Em 운동, para formar “exercício”, é usado o 運, transporte, junto com o caractere chinês de movimento. Tipo… exercício? Em “atividade”, 활동,  temos junto com “movimento” o conceito de 活, fluir. Calma que ainda temos o “comportamento” formado pelo caractere 行, ir, que junto com o nosso centro das atenções, forma 행동 que significa “comportamento”. Gente, sério… Claro que depois de um tempo tentando encontrar o sentio você encontra uma explicação, mas velhinhos, NÃO. Não a passa a fazer sentido, a gente só tenta tanto embasar essas palavras em algo concreto que qualquer teoria parece plausível. É tipo tentarmos encaixar o objeto circular na entrada quadrada do brinquedo. Se você forçar MUITO, você em algum momento vai quebrar o brinquedo, mas o objeto vai passar. O conceito é o mesmo. O 한자 de 불/부 (不) foi um plot twist forte para mim hehehe. Eu achava que 불 era “fogo”, mas descobri que 불 “fogo” não vem de um 한자, e pelo que parece é uma balavra nativamente coreana. Claro que eu preciso pesquisar isso mais a fundo, mas eu não quero me prolongar muito. VOLTANDO. 不 significa “não”, e não tem nada de bizarro nas palavras que estudei que envolvem esse caractere.

Também aprendi sobre expressar o “entre a e b”. Existem algumas formas de expressar isso, e uma que eu achei bem inesperada foi “사이에서/사이에”. É comum encontrarmos “사이” em frases como “무슨 사이예요?” (Qual seu relacionamento com fulanis?). Depois que parei para pensar, nós tradutores costumamos adaptar só frases que não fazem muito sentido no nosso idioma, mas “무슨 사이예요?” também pode ser “O que rola entre vocês?” e eu nunca tinha pensado nisso. Claro que eu não vou dar uma aula sobre os “entre”s do coreano, eu sempre tenho que vos encorajar a se tornarem pesquisadores. Hoje em dia as pessoas têm o direito ao conhecimento, mas têm preguiça de pesquisar. Vamos parar com isso okay? Somos seres inteligentes, precisamos nos aprofundar nos assuntos e ver vários pontos diferentes de vista sobre uma mesma coisa. Autor A pode ver certa coisa como correta, Autor B pode acrescentar o Autor A, o Autor C pode discordar dos autores A e B, e o Autor D pode fazer uma ponte entre os argumentos de A, B e C e cirar um consenso. Pode não parecer, mas isso funciona no estudo de idiomas também. Por muito tempo acreditei que “분” era uma palavra relacionada apenas a pessoas, até pesquisar e descobrir que pode ser “parte” e até mesmo “capítulo”.

Como comentei  no começo, eu tenho estado bastante viciado em musicais de Broadway esses dias, e eu sinto que descobri um mundo novo a ser explorado e é claro que estou naqueles dias de paixão onde eu estou sempre querendo ver algo sobre algum musical que eu gosto ou que eu descobri. O que tá muito no meu repeat é Dear Evan Hansen, que é um puta de um musical e quem curte musical sabe que ele tá bem modinha. E é claro que ele tá modinha, ele fala sobre o trend topic do milênio: suicídio e depressão. Uma das músicas que eu acho extremamente importantes é:

Eu queria que todos pudessem escutar essa música. Nunca se sabe quando alguém está precisando, principalmente hoje em dia. E eu sei muito bem disso, levando em conta que passei um considerável tempo de minha vida sufocando minhas dores com um sorriso. AGORA, HIGH UP!  Quarta tem resenha de um drama que eu quero falar há MUITO TEMPO. Então até lá:

여러붕 안녕히 계세요!!

{Fiquem bem, pessoal!}

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s