Nova Identidade Visual!

180710

안녕 자기들! Oi mores! Depois de pouco menos de 48 horas fora do ar, o Vivendo com Kimchi voltou com cara nova! YAY! Vou confessar que não está 100% do jeito que eu queria. Como eu não pago um domínio (AINDA), eu tenho que usar o WordPress “gratuito”. Ele é muito limitado, e eu não tenho muita liberdade, principalmente se tratando do design da página. O máximo que posso fazer é usar um modelo pronto e alterar o que ele permitir que eu altere… Pois é kkkkk rindo de nervoso. MAS ENFIM. O bloguinho vai ter essa cara por enquanto, eu espero que vocês gostem ❤

Continuar lendo “Nova Identidade Visual!”

Anúncios

Você só tem 16 anos…

0218.png
Fotografia: Bryan Adam Castillo

여러분 안녕하세요? {Olá pessoal, tudo bem?} Eu queria escrever esse post a muito tempo, mas nunca tive coragem de fazê-lo. É um desabafo pessoal, e isso pode fugir um pouco do que eu normalmente posto por aqui. Mas sabe de uma coisa? Eu acabei esquecendo que esse blog é pessoal, e eu acho que tenho certa liberdade de escrever sobre o que eu preferir, não? Aconteceu uma situação um tanto irritante comigo, e um certo vídeo me inspirou a postar isso aqui. O texto já tava escrito, só faltava a coragem de encarar os fatos e postar. Não acho que isso gere polêmica alguma, mas talvez muitos esperam que eu escreva review de algum k-drama ou fale de k-pop, mas não é isso que vai acontecer hoje.

Você já ouviu essa frase? Eu descobri que eu a escuto frequentemente. Talvez não com essas palavras, mas às vezes até mesmo com ações.

Algumas semanas atrás, meus pais estavam planejando sair para algum lugar e me levar junto com eles. Mas eu não tava na vibe de sair de casa naquele dia, e aleguei que não ia. Foi então que eu escutei o seguinte…

Escute bem: Você só tem dezesseis anos, eu sou sua mãe, e você vai para onde eu quiser que você vá. Quando você atingir os dezoito você faz o que quiser, mas enquanto isso você vai fazer o que eu mandar, gostando ou não.

Eu me senti minúsculo. Impotente. Um objeto de uso. Um monte de nada.

Talvez eu possa não ser o responsável que um adulto é, e talvez eu possa não ter idade suficiente para resolver certas coisas. Mas eu não sou isso. Acho que ninguém deveria se limitar a ser só isso. Eu não gosto de me sentir tão fútil.

As pessoas vêem os adolescentes, e acham que podem brincar com eles, e que eles não tem qualquer força de opinião, ou que são fáceis de enganar. Sou tão ingênuo e imbecil assim? Eu não quero ser. Quer dizer… Só vou ter valor quando for um adulto? Antes disso eu sou apenas um brinquedo para os mais velhos? Esse sistema hierárquico está muito errado. Muito mesmo.

Não estou dizendo que todo adolescente é maduro e responsável, porque eu não sou. Também não digo que o adolescente não precisa ter limites. Mas ele também não precisa ser um fantoche.

Exercite sua memória. Quantas vezes você expressou sua opinião numa roda de adultos, e eles ignoraram? Ou riram? Ou simplesmente não lhe deixaram falar? Poucas as vezes? Certeza disso?

Porque somos jovens, geral acha que não importa o que a gente pensa. Nossa opinião não vai ter valor em um tribunal, e é muito mais fácil que a direção da sua escola ouça o pai de um aluno, do que quarenta alunos reclamando de alguma coisa.

Somos tão sem valor, que não importa o tempo que a gente tem de almoço, ou se vamos ter que praticar exercício físico depois. Porque ninguém vai se importar se é cansativo ou não. Você é adolescente, e você tem que suportar isso.

Se o professor não deu assunto em classe e você não se deu bem na prova, a culpa é sua. Se você está sofrendo bullying, a culpa é sua. Se você for roubado a culpa é sua de andar com o celular na rua, e se você for morto a culpa é sua por ter corrido do bandido. A culpa é sempre da vítima, e sem exceções.

Me desculpe se nosso sistema de sociedade não lhe agrada, caro jovem de dezesseis anos. Você é um adolescente. Se você não suportar, a culpa é sua.

 

Precisamos conversar um pouco…

20160123.png
Fotografia: Bryan Adam Castillo

여러분 안녕하세요? {Olá pessoal, tudo bem?} Eu vim falar aqui bem rapidinho sobre meu hiatus, e sobre o que vai acontecer com meu blog de agora em diante. Peço primeiro mil perdões, e admito que fui irresponsável em muitos aspectos, mas vou explicar a história e então vocês decidem se me perdoam ou não, okay?

Meu último post foi em setembro? Foi. Que horrível de minha parte. Eu tenho culpa? Sim. Não vou enrolar e dizer que eu estava ocupado, porque em um quadro geral eu não estava. Eram os últimos meses do colégio e eu tinha que me concentrar nas provas. Certo, isso é óbvio. Mas então eu entrei de férias. E aí? O que ouve? Arrumei um emprego, part-time job, viajei, fiquei sem internet, o computador quebrou, perdi as mãos, fiquei doente…? Não foi nada disso. Na verdade, eu estava um pouco cansado. Eu me sentia na obrigação de resenhar todos os doramas que eu assistia, e não era pra ser assim. Eu fiz o Vivendo com Kimchi pra ser um blog pessoal onde eu pudesse compartilhar o que eu quisesse com quem estivesse lendo, e não um blog de resenhas. Eu esqueci disso. Claro que houveram doramas que eu quis muito falar sobre, mas eu lembrava do processo de construção da resenha e desanimava. Então sim. Foi por preguiça. Durante esse período eu decidi esfriar a cabeça um pouco e apenas fazer um monte de nada. Eu estava precisando disso, então me dei umas férias.

Mas o que vai acontecer agora?

Eu não sei. Não tenho certeza.

Quarta-feira (25/01) eu começo de novo a escola. Eu já estou cursando o terceiro ano, e dessa vez eu preciso me esforçar mais que nunca. Eu tenho o sonho de fazer faculdade na Coréia do Sul, e pra isso eu preciso de uma bolsa de estudos, porque eu sei que meus pais não vão pagar pra isso. E para conseguir a bolsa, eu preciso de boas notas. Para boas notas eu preciso estudar, então… Esse ano vai estar mais complicado que nunca. Eu não vou fechar o blog, não tenho esse pensamento, muito menos esse plano. Mas eu também sei que é impossível manter uma frequência de posts, ou um calendário editorial, ou qualquer outra coisa. Então muitas vezes eu chegarei aqui de surpresa e nunca saberemos o dia no qual eu aparecerei novamente. Eu tenho planos para meu blog, claro que tenho. Quero pagar um domínio, mudar a identidade visual, trabalhar melhor no merchan e publicar com mais frequência. Mas não sei se vou poder esse ano.

Vou postar algo novo nas próximas semanas sobre um projeto que tenho trabalhado em Janeiro, e eu quero também trazer mais Analyrics e eu pensei em muitos já, inclusive. No fim de tudo, torçam por mim em todas as ocasiões. Principalmente pela minha vida acadêmica e por meus sonhos. Preciso do apoio de vocês!

여러붕 안녕히 계세요!!

{Fiquem bem, pessoal!}

25 músicas que mais ouvi em 2015

160113.jpg

여러분 안녕하세요! {Olá, pessoal!} Então, depois de muito tempo eu voltei a blogar. Eu expliquei em outro post os motivos do meu hiatus, porém eu não esperava que eu teria mais motivos para parar novamente. Aconteceu que, o computador havia quebrado, e a escola havia me sobrecarregado de uma forma monstruosa, por isso, tive que me ausentar novamente. Porém, aqui estou eu, postando meu post de boas vindas a 2016! Eu estou organizando meu calendário editorial, e agendando os reviews. Assisti muito dorama bacana durante esse período de tempo, e tenho muito para comentar com vocês! Enfim, agora que dei meu olá, vamos ao que interessa! Continuar lendo “25 músicas que mais ouvi em 2015”

Sobre meu hiatus

aleatory_sobre-o-hiatus여러분 안녕하세요? {Olá pessoal, tudo bem?} Quanto tempo, certo?Houveram algumas coisas acontecendo ultimamente, e consequentemente eu tive que me afastar do meu trabalho…
Bom, vamos do começo. No tempo em que eu me ausentei, eu comecei a suspeitar de Transtorno de Ansiedade. Para evitar que isso piorasse, eu tive que me afastar de tudo, e focar apenas nos estudos. Eu praticamente me isolei.

Para completar, o computador, mais especificamente o teclado, não estavam em boas condições, o que me obrigou a me afastar do meu trabalho. Parei de blogar, e de escrever.

Esperei muito para que a condição melhorasse, e isso demorou um pouco.

Eu escrevi algo bem simples, e em breve estarei voltando a blogar.

Obrigado pela paciência. ^^

Novo design no blog!

여러분 안녕하세요! {Olá pessoal, tudo bem?} Vocês provavelmente já notaram que o bloguinho está de cara nova, certo? Eu passei um bom tempo planejando o novo design com base em algum layout pronto do próprio WordPress, e acho que eu consegui deixar o blog com um visual agradável. Espero que tenham gostado! ^_^

Novidades do Novo Layout ~

Uma das maiores novidades do layout novo é a conclusão de todas as abas do menu. Todas as páginas estão prontinhas para o uso, e conta com uma pesquisa bem amô.

Outra novidade, é a lista de redes sociais na barra lateral. Como o próprio nome já diz, ele conta com uma lista bunitinha com as minhas principais redes sociais. Simples, não?

Com novo layout, vem nova fase. Eu vou continuar resenhando doramas aqui no blog, mas eu vou tentar falar também sobre outros assuntos, e abrir novas categorias. Espero realizar esse tópico em breve, hahaha!

Ah, agora o blog está no BlogLovin’! Se você é uma pessoa amorzinho, você vai me seguir lá, certo? (No finalzinho do post você encontra um bottom do BlogLovin’.) :3

Bom, com semana de provas chegando, eu me farei ausente do blog por um tempo. Mas acho que em uma semana e meia eu volto com um post bem bacanudo para vocês.

E por hoje é só!
여러분 고맙습니다 그리고 안녕히 계세요! {Obrigado pessoal, e até logo!}

Follow my blog with Bloglovin

A jornada em busca de um ‘Grande Talvez’ começa aqui

‘ildeohagi ileun = gwiyomi’

안녕하세요, 여러분! {Olá, pessoal!} Eu sou o Wee Jaehyun, um garoto à flor de sua adolescência, que está sob os encantos da maravilhosa cultura Coreana.

Para saber mais sobre como fui atingido pela grande 한류 {‘Hallyu’}, clique no botão abaixo, e encarne nessa curiosa jornada.

Continuar lendo “A jornada em busca de um ‘Grande Talvez’ começa aqui”